Espirito Santo

O Espírito Santo é o terceiro membro da Trindade, juntamente com Deus o Pai e seu Filho, Jesus Cristo. Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo é um espírito de homem, um espírito filho de Deus o Pai. Os Mórmons acreditam que, antes dessa vida terrena, todas as pessoas viveram nos céus com o Pai Celestial como espíritos que Ele criou. Recebemos corpos quando viemos para a terra. O Espírito Santo é um filho de Deus que ainda não recebeu um corpo físico. O Espírito Santo realiza um papel importante e necessário como um membro da Trindade. Seu papel é confirmar a verdade.

Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo é um membro separado e distinto da Trindade, ou seja, que Deus o Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo, são três personagens distintos um do outro. Esses três membros da Trindade são unidos perfeitamente em propósito. Joseph Smith fez uma declaração que a Trindade é feita de três “personagens… Deus o primeiro, o Criador; Deus o segundo, o Redentor; e Deus o terceiro, a testemunha ou o Testificador” (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, 190).

O Profeta Joseph Smith também ensinou a natureza da Trindade, conhecimento o qual ele obteve em revelação e em visão. Ele disse: “O Pai tem um corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem; o Filho também; mas o Espírito Santo não tem um corpo de carne e ossos, mas é um personagem de Espírito. Se assim não fora, o Espírito Santo não poderia habitar em nós” (Doutrina e Convênios 130:22). Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo habita, em uma maneira figurativa, no coração dos justos discípulos de Jesus Cristo que são batizados e se tornam membros da Igreja Mórmon.

Quando Jesus Cristo veio a Terra, Seu poder e verdade eram evidentes para todos os que o viram. Quando ele partiu, Ele lembrou aos santos que Ele deixaria o Espírito Santo com eles para os confortar e para os testificar dele.

Os Mórmons seguem o conselho de procurar pela verdade e retidão, e eles sabem que é através do Espírito Santo que podemos aprender a verdade. No Novo Testamento está registrado que “… se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada” (Tiago 1:5). Morôni 10:5 diz que “… pelo poder do Espírito Santo podeis saber a verdade de todas as coisas”.

O Dom do Espírito Santo

Quando alguém se une a Igreja Mórmon eles são batizados. Após o batismo é recebido o dom do Espírito Santo através de uma ordenança realizada com uma oração e uma bênção. Se essa pessoa viver uma vida digna de acordo com os mandamentos de Deus, o Espírito Santo abençoará a vida dessa pessoa. Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo não permanecerá com uma pessoa indigna. Como um companheiro constante, o Espírito Santo realiza quatro funções:

  1. Santificador: Uma vez que nada que seja impuro pode habitar na presença divina (ver 1 Néfi 10:21), é necessário que uma pessoa se torne limpa e purificada. Isso é possível através da presença do Espírito Santo, o qual permite que cada pessoa se torne nova em Cristo, e permite que seu espírito seja renascido. Essa santificação é continuada através de obediência aos mandamentos de Deus e um desejo de se tornar como Cristo.
  1. Revelador: os Mórmons acreditam no espírito de revelação, o qual é a companhia do Espírito Santo. O Senhor fala a Seus filhos através desse espírito. O conhecimento que uma pessoa recebe por ouvir aos sussurros do Espírito Santo é necessário para ganhar salvação. Os Mórmons acreditam que aqueles que buscam ao Senhor através de oração e tenta sinceramente obedecer aos Seus mandamentos receberão o conhecimento que eles procuram. Esse princípio é esclarecido em 1 Néfi 10:19, o qual diz: “Pois aquele que procurar diligentemente, achará; e os mistérios de Deus ser-lhe-ão desvendados pelo poder do Espírito Santo.
  1. Professor: os Mórmons acreditam que as coisas espirituais somente podem ser compreendidas quando ensinadas pelo Espírito. Por essa razão, os membros da Igreja Mórmon tentam conduzir suas vidas de tal maneira que o Espírito Santo sempre acompanhará qualquer lição que eles ensinarem. O dever divino de ensinar as verdades de salvação pertence ao Espírito Santo. O Novo Testamento registra que Jesus estava cheio com o poder do Espírito Santo (ver Lucas 4:1), e os Mórmons acreditam que os anjos também falam pelo poder do Espírito Santo. A importância desse princípio está registrada no Livro de Mórmon, quando o profeta Néfi declara: “Os anjos falam pelo poder do Espírito Santo; falam, portanto, as palavras de Cristo. Por isto eu vos disse: Banqueteai-vos com as palavras de Cristo; pois eis que as palavras de Cristo vos dirão todas as coisas que deveis fazer”(2 Néfi 32:3).
  1. Confortador: os Mórmons acreditam que as verdades da salvação trás conforto e paz. É o dever do Espírito Santo ensinar essas verdade, e quando as pessoas acreditam, o Espírito Santo aliviará as suas cargas, dando coragem e consolo, fortalecendo a fé e a esperança, e revelando o que quer que seja necessário para aqueles que são abençoados com a Sua constante companhia.

O Espírito Santo é uma fonte inspiradora de poder para os membros fieis da Igreja Mórmon. Porque esse dom é tão importante, Jesus Cristo ensinou que nenhum pecado é maior que aquele contra o Espírito Santo (ver Mateus 12:31-32). Os Mórmons reverenciam esse dom e tentam sinceramente estarem dignos da constante companhia do Espírito Santo.

Copyright © 2016 Igreja de Jesus Cristo. Todos os direitos reservados.
Esta página web não pertence nem é afiliada a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (algumas vezes também chamada de Igreja Mórmon ou Igreja SUD). Os pontos de vista expressos pelos usuários são de responsabilidade dos mesmos e não representam necessariamente a posição da Igreja. Para acessar os sites oficiais da Igreja visite: LDS.org ou Mormon.org.

Pin It on Pinterest