O Espírito Santo é o terceiro membro da Trindade, juntamente com Deus o Pai e seu Filho, Jesus Cristo. Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo é um espírito de homem, um espírito filho de Deus o Pai. Os Mórmons acreditam que, antes dessa vida terrena, todas as pessoas viveram nos céus com o Pai Celestial como espíritos que Ele criou. Recebemos corpos quando viemos para a terra. O Espírito Santo é um filho de Deus que ainda não recebeu um corpo físico. O Espírito Santo realiza um papel importante e necessário como um membro da Trindade. Seu papel é confirmar a verdade.

Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo é um membro separado e distinto da Trindade, ou seja, que Deus o Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo, são três personagens distintos um do outro. Esses três membros da Trindade são unidos perfeitamente em propósito. Joseph Smith fez uma declaração que a Trindade é feita de três “personagens… Deus o primeiro, o Criador; Deus o segundo, o Redentor; e Deus o terceiro, a testemunha ou o Testificador” (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, 190).

O Profeta Joseph Smith também ensinou a natureza da Trindade, conhecimento o qual ele obteve em revelação e em visão. Ele disse: “O Pai tem um corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem; o Filho também; mas o Espírito Santo não tem um corpo de carne e ossos, mas é um personagem de Espírito. Se assim não fora, o Espírito Santo não poderia habitar em nós” (Doutrina e Convênios 130:22). Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo habita, em uma maneira figurativa, no coração dos justos discípulos de Jesus Cristo que são batizados e se tornam membros da Igreja Mórmon.

Quando Jesus Cristo veio a Terra, Seu poder e verdade eram evidentes para todos os que o viram. Quando ele partiu, Ele lembrou aos santos que Ele deixaria o Espírito Santo com eles para os confortar e para os testificar dele.

Os Mórmons seguem o conselho de procurar pela verdade e retidão, e eles sabem que é através do Espírito Santo que podemos aprender a verdade. No Novo Testamento está registrado que “… se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada” (Tiago 1:5). Morôni 10:5 diz que “… pelo poder do Espírito Santo podeis saber a verdade de todas as coisas”.

O Dom do Espírito Santo

Quando alguém se une a Igreja Mórmon eles são batizados. Após o batismo é recebido o dom do Espírito Santo através de uma ordenança realizada com uma oração e uma bênção. Se essa pessoa viver uma vida digna de acordo com os mandamentos de Deus, o Espírito Santo abençoará a vida dessa pessoa. Os Mórmons acreditam que o Espírito Santo não permanecerá com uma pessoa indigna. Como um companheiro constante, o Espírito Santo realiza quatro funções:

  1. Santificador: Uma vez que nada que seja impuro pode habitar na presença divina (ver 1 Néfi 10:21), é necessário que uma pessoa se torne limpa e purificada. Isso é possível através da presença do Espírito Santo, o qual permite que cada pessoa se torne nova em Cristo, e permite que seu espírito seja renascido. Essa santificação é continuada através de obediência aos mandamentos de Deus e um desejo de se tornar como Cristo.
  1. Revelador: os Mórmons acreditam no espírito de revelação, o qual é a companhia do Espírito Santo. O Senhor fala a Seus filhos através desse espírito. O conhecimento que uma pessoa recebe por ouvir aos sussurros do Espírito Santo é necessário para ganhar salvação. Os Mórmons acreditam que aqueles que buscam ao Senhor através de oração e tenta sinceramente obedecer aos Seus mandamentos receberão o conhecimento que eles procuram. Esse princípio é esclarecido em 1 Néfi 10:19, o qual diz: “Pois aquele que procurar diligentemente, achará; e os mistérios de Deus ser-lhe-ão desvendados pelo poder do Espírito Santo.
  1. Professor: os Mórmons acreditam que as coisas espirituais somente podem ser compreendidas quando ensinadas pelo Espírito. Por essa razão, os membros da Igreja Mórmon tentam conduzir suas vidas de tal maneira que o Espírito Santo sempre acompanhará qualquer lição que eles ensinarem. O dever divino de ensinar as verdades de salvação pertence ao Espírito Santo. O Novo Testamento registra que Jesus estava cheio com o poder do Espírito Santo (ver Lucas 4:1), e os Mórmons acreditam que os anjos também falam pelo poder do Espírito Santo. A importância desse princípio está registrada no Livro de Mórmon, quando o profeta Néfi declara: “Os anjos falam pelo poder do Espírito Santo; falam, portanto, as palavras de Cristo. Por isto eu vos disse: Banqueteai-vos com as palavras de Cristo; pois eis que as palavras de Cristo vos dirão todas as coisas que deveis fazer”(2 Néfi 32:3).
  1. Confortador: os Mórmons acreditam que as verdades da salvação trás conforto e paz. É o dever do Espírito Santo ensinar essas verdade, e quando as pessoas acreditam, o Espírito Santo aliviará as suas cargas, dando coragem e consolo, fortalecendo a fé e a esperança, e revelando o que quer que seja necessário para aqueles que são abençoados com a Sua constante companhia.

O Espírito Santo é uma fonte inspiradora de poder para os membros fieis da Igreja Mórmon. Porque esse dom é tão importante, Jesus Cristo ensinou que nenhum pecado é maior que aquele contra o Espírito Santo (ver Mateus 12:31-32). Os Mórmons reverenciam esse dom e tentam sinceramente estarem dignos da constante companhia do Espírito Santo.

Voce pode pular para o fim e responder. Atualmente não é permitido fazer ping.

Deixe uma Resposta