O Guia de Estudo das Escrituras de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias diz que um salvador é “alguém que salva”. Os Mórmons acreditam que Jesus Cristo, através de seu sacrifício, ofereceu redenção e salvação para toda a humanidade.

Cristo é nosso resgatador e salvador porque Ele salvou nosso corpo da morte física e tem nos mostrado o caminho para salvar nossas almas da morte espiritual.

http://www.youtube.com/watch?v=dxlVp1GAotM

Ressurreição, ou vida imortal com um corpo de carne e osso, é um dom dado para todos como o resultado do sacrifício e ressurreição de Cristo.

A morte espiritual é ser afastado da presença de Deus. Cristo também nos salvou desse destino através de seu sacrifício expiatório. Ele sofreu por nossos pecados para que pudéssemos nos arrepender e voltar a viver com Deus. Cristo é a única pessoa através do qual nós podemos ser salvos tanto da morte física quanto da morte espiritual. O papel de Cristo como nosso Salvador foi dado a Ele antes que o mundo fosse criado.

Em sua proclamação intitulada “O Cristo Vivo”, a Primeira Presidência da Igreja deu este testemunho da missão do Salvador:

“… oferecemos nosso testemunho da realidade de Sua vida incomparável e o infinito poder de Seu grande sacrifício expiatório. Ninguém mais exerceu uma influência tão profunda sobre todos os que já viveram e ainda viverão sobre a face da Terra.

Ele foi o Grande Jeová do Velho Testamento e o Messias do Novo Testamento. Sob a direção de Seu Pai, Ele foi o criador da Terra. “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez” (João 1:3). Embora jamais tivesse cometido pecado, Ele foi batizado para cumprir toda a justiça. Ele “andou fazendo bem” (Atos 10:38), mas foi desprezado por isso. Seu evangelho era uma mensagem de paz e boa vontade. Ele pediu a todos que seguissem Seu exemplo. Ele caminhou pelas estradas da Palestina, curando os enfermos, fazendo com que os cegos vissem e levantando os mortos. Ele ensinou as verdades da eternidade, a realidade de nossa existência pré-mortal, o propósito de nossa vida na Terra e o potencial que os filhos e filhas de Deus têm em relação à vida futura.

Ele instituiu o sacramento como lembrança de Seu grande sacrifício expiatório. Foi preso e condenado por falsas acusações, para satisfazer uma multidão enfurecida, e sentenciado a morrer na cruz do Calvário. Ele deu Sua vida para expiar os pecados de toda a humanidade. Seu sacrifício foi uma grandiosa dádiva vicária em favor de todos os que viveriam sobre a face da Terra.

Prestamos solene testemunho de que Sua vida, que é o ponto central de toda a história humana, não começou em Belém nem se encerrou no Calvário. Ele foi o Primogênito do Pai, o Filho Unigênito na carne, o Redentor do mundo.

Ele levantou-Se do sepulcro para ser “feito as primícias dos que dormem” (I Coríntios 15:20). Como o Senhor Ressuscitado, Ele visitou aqueles que havia amado em vida. Ele também ministrou a Suas “outras ovelhas” (João 10:16) na antiga América. No mundo moderno, Ele e seu Pai apareceram ao menino Joseph Smith, dando início à prometida “dispensação da plenitude dos tempos” (Efésios 1:10)”. (Leia todo o testemunho).

Voce pode pular para o fim e responder. Atualmente não é permitido fazer ping.

3 Respostas para “Salvador”

  1. Jose Moreira da Rocha Diz:

    Olá Eu quero Voltar

  2. Destro Diz:

    Volta ;)

  3. annabely Diz:

    oi pessoal tudo bem amo essa igrejaaa…..
    love <3

Deixe uma Resposta